Lilypie Third Birthday tickers

Lilypie Kids Birthday tickers

terça-feira, 7 de agosto de 2012

O começo, o meio e o fim.

Seis já devem ter percebido que o blog tá meio boro-cocho, super direto e meio paradão acontece o seguinte.

Esse foi um ano muito difícil não por causa do trio, e sim pela minha irmã Neide ela faleceu a 1 ano e 2 meses e o luto como já devem saber é complicado de viver, o mais difícil são as comemorações porque não dá para esquecer que a um ano ela estava presente ou tão doente que não conseguiu vir, então ficamos só lembrando e relembrando de tudo e dói.

Essa já não é a primeira vez que perdemos alguém próximo e querido, quando tinha 10 anos perdi meu irmão Everaldo, ele faleceu de acidente de carro com 20 anos e na noite do acidente ficou comigo para que meus pais pudessem ir a missa, ficamos só ele e eu conversamos, assistimos TV, jantamos e então meus pais chegaram e quando minha mãe me colocava para dormir ele se despediu com um adeus e eu disse que o certo era tchau já que logo ele ia voltar, mas ele não voltou.

Nos dois casos o luto foi terrível, no inicio tudo remete a pessoa vem a revolta, depois ficamos inconformados e só então começa a saudade, todo o processo leva muito tempo e o sofrimento é imenso, aja forças para não enlouquecer.

Esse post é um desabafo, uma forma de mostrar o quanto essas duas pessoas significam para mim, acho que não voltarei a falar sobre isso tão cedo afinal custou muito escrever essas poucas linhas, não sei se me espessei bem talvez devesse escrever sobre o quanto elas influenciaram no meu jeito de ser, sempre que perco a paciência lembro da calma da minha irmã, que eu nunca vi chorar nem mesmo quando a situação já não tinha mais jeito, que saudade do sorriso fácil do meu irmão que sempre me levava as festas e só depois ia com os amigos, me ensinou a fritar ovo com 9 anos e usar uma tampa de panela como escudo para não me queimar com o óleo hehe locão né, pausa para chorar.

Depois que o Everaldo faleceu fui passar as ferias na casa da Neide, foram  as melhores ferias da minha vida aprontava todas com meus 4 sobrinhos, minha irmã sempre muito paciente passava o tempo todo apartando brigas e vigiando nossas brincadeiras.

Essa é uma pequena homenagem aos meus irmãos tão amados.

A vida segue, mas jamais esquecemos quem deixamos para trás, afinal elas deixaram muitas marcas na nossa existência.


Um comentário:

  1. É amiga dói d+ perder uma pessoa querida, e quando se trata de um irmão dói muito mais, mas com fé em deus vc vai ter a força nescessaria e vai superar tudo isso

    ResponderExcluir